dor

dor

Na fisioterapia temos muitos recursos para o tratamento da sintomatologia da dor. Entretanto, para a resolução do problema, o mais importante no tratamento é encontrar os fatores de origem da dor. Desta forma, o tratamento deve partir de ótima avaliação funcional, ser estruturado de acordo com a sintomatologia e os objetivos funcionais para reduzir os fatores desencadeantes da dor. Além disso, orientações para a rotina domiciliar e profissional são essenciais para o sucesso do trabalho.

A dor é um fenômeno multidirecional, envolvendo aspectos físico-sensoriais e emocionais. Pode ter diversas origens, nas atividades esportivas, os traumas diretos e movimentos por esforços repetitivos são os fatores mais comuns de causa da dor. Entretanto, quando a dor está relacionada a rotina diária das pessoas que não praticam atividade física, observamos que um ciclo vicioso se instala. Com a dor, a pessoas reduzem ainda mais o nível de atividade funcional que por consequência há o aumento da fraqueza e encurtamento muscular, redução da mobilidade articular, má postura.

A evolução da tecnologia: controle remoto, elevadores, computadores, celulares, tabletes, etc, apesar de facilitar o dia a dia das pessoas, propiciam redução da atividade física diária. A exigência por maior empenho e desempenho nas empresas também é um fator que deve ser considerado. Fatores como: ficar sentado e ou de pé durante muitas horas do dia, resultam em desequilíbrio corporal funcional, podem exigir mais de algumas articulações e músculos do que outras.

Agenda sua consulta

AGENDE AGORA SUA

CONSULTA

Temos experiência e conhecimento para oferecer uma ampla variedade
de serviços e ótimos profissionais para lhe atender!